Mutirão: Cedae, Light e Sky fecham acordos em todas as ações

Notícia publicada em 20/04/2012 19:28

As seis empresas que participaram do mutirão de conciliação nos Juizados Especiais Cíveis (JECs), nesta  sexta-feira, dia 20, mostraram que conciliar é uma tendência que veio para ficar. Elas realizaram um trabalho digno de nota junto aos seus clientes: Sky, Cedae e Embratel fecharam 100% de acordos; a Net, 93%; a Tim, 88%; e a Light, 65%. Juízes, togados e leigos, conciliadores e representantes jurídicos das empresas fizeram cerca de 200 audiências, das 10h às 18h, no Centro Permanente de Conciliação dos Juizados Especiais Cíveis, localizado na Avenida Erasmo Braga, 115, Lâmina I, corredor D, sala 103, no Centro.

Nesta mesma tarde, a Sky inaugurou um totem – equipamento para videoconferência – no Núcleo de 1º Atendimento dos Juizados Especiais Cíveis, no Fórum da Capital, para que o usuário possa tirar dúvidas quanto aos seus processos e até mesmo realizar acordo, evitando assim a propositura de ação judicial. “Este é mais um recurso para que nossos clientes saibam que realmente temos interesse na composição de litígios”, disse o representante da empresa, Humberto Chiesi Filho.

O desembargador Antonio Saldanha Palheiro, presidente da Comissão Estadual dos Juizados Especiais (COJES), ressaltou a importância da iniciativa da Sky: “Este recurso garantirá satisfação mais rápida aos seus clientes. A empresa mostrou concretamente respeito pelos consumidores. É um exemplo a ser seguido por outras instituições, como o Bradesco que já sinalizou com a possibilidade de também colocar aqui um equipamento”.

A técnica em enfermagem Ilca Ferreira Pontes foi uma das beneficiadas pelo mutirão de conciliação. Ela entrou com uma ação contra a Light após a concessionária interromper indevidamente o fornecimento da energia em sua residência. “Adorei a rapidez com que resolvi o meu problema, em apenas uma audiência já consegui fechar um acordo e sai satisfeita”, frisou a cliente.

Anúncios