DIREITOS HUMANOS MULTIMÍDIA NAS ESCOLAS PÚBLICAS

OS DIREITOS HUMANOS CHEGAM ÀS ESCOLAS PÚBLICAS EM MULTIMÍDIA A PARTIR DO ANO  QUE VEM, / POR INTERMÉDIO DO CD-ROM DIREITO À MEMÓRIA E À VERDADE/, QUE NARRA A  TRAJETÓRIA DA VIDA PÚBLICA DE TREZENTOS E NOVENTA E QUATRO BRASILEIROS MORTOS OU  DESAPARECIDOS DURANTE O REGIME MILITAR/ (1964-1985)//.

O MATERIAL FOI COORDENADOR PELA PROFESSORA, HISTORIADORA E PESQUISADORA HELOÍSA MARIA MURGE STARLING,/ DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS,/ PARA A SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA E DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO.//

CRIADO ESPECIALMENTE PARA LEVAR A HISTÓRIA DO PERÍODO AO CONHECIMENTO DE CRIANÇAS,/ ADOLESCENTES E ADULTOS QUE ESTUDAM NAS REDES PÚBLICAS FEDERAL, ESTADUAIS E MUNICIPAIS, /O CD-ROOM ACOMPANHA O CADERNO DE ORIENTAÇÃO AOS PROFESSORES.//

TODO O MATERIAL FOI PRODUZIDO PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS
(UFMG),/ COM BASE NO LIVRO-RELATÓRIO DIREITO À MEMÓRIA E À VERDADE, LANÇADO EM DOIS MIL E SETE PELO GOVERNO FEDERAL.//

PARA ILUSTRAR COMO AS FORÇAS DA REPRESSÃO AGIAM,/ HELOÍSA APRESENTOU PESQUISA SOBRE LYDA MONTEIRO,/ SECRETÁRIA DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL (OAB).//

O VÍDEO MOSTRA O RETRATO FALADO DO SUSPEITO DE TER COLOCADO A BOMBA NO
ENVELOPE QUE MATOU LYDA NO RIO DE JANEIRO,/ NO ANO DE MIL NOVECENTOS E OITENTA. O RETRATO É DE UM ROSTO SEM FORMAS/, APENAS O CABELO E O BIGODE. MAIS SOBRE DIEITOS HUMANOS

ENTREVISTAS:

FERNANDO HADDAD – TOLERÂNCIA E DEMOCRACIA
PAULO VANNUCHI  –  CONHECIMENTO NÃO É REVANCHISMO
HELOISA STARLING – MEMÓRIA DA REPRESSÃO

Anúncios